Censo revela que o Brasil mantém posição no top 10 mundial, mas fica abaixo da projeção da ONU

Notícias Do Mundo

Censo de 2022 revela que o Brasil possui 203 milhões de habitantes, registrando o menor crescimento populacional dos últimos 12 anos, com uma taxa em declínio. Os dados divulgados pelo IBGE estão abaixo da projeção da ONU, que estimava uma população de 215 milhões de habitantes para o país em 2022.

Fonte: UOL


Nos anos 1990, de acordo com a ONU, o Brasil ocupava a quinta posição entre os países mais populosos do mundo, ficando atrás da Indonésia, Estados Unidos, Índia e China. Para 2050, as projeções da organização indicam que o Brasil manterá sua posição, ocupando o sétimo lugar, com uma população estimada de 231 milhões de habitantes. Por outro lado, a Índia (com uma projeção de 1,668 bilhão de habitantes) está prevista para ultrapassar a China (com 1,317 bilhão de habitantes) e se tornar o país mais populoso do mundo. Além disso, a Nigéria deve subir para a quarta posição, trocando de lugar com a Indonésia.

Fonte: GB


A realização do Censo, que estava programada para 2020, sofreu atrasos devido à pandemia de covid-19 e à falta de recursos. Em 2021, uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) determinou que o governo federal realizasse o levantamento. No início deste ano, o IBGE promoveu três mutirões, abrangendo cerca de 16 milhões de habitantes, para incluí-los na pesquisa. Essas medidas foram tomadas para garantir a atualização e precisão dos dados demográficos do país.