Igreja alcança centenas de migrantes para Jesus em uma “missão mundial”

Notícias Do Mundo


Uma igreja sediada na Coreia do Sul está empenhada em cumprir a ordenança bíblica de anunciar o nome de Jesus Cristo aos quatro cantos da Terra. Como resultado desse compromisso, centenas de migrantes já foram alcançados e entregaram suas vidas a Cristo, enquanto muitos outros ainda têm a oportunidade de fazer o mesmo.

Essa igreja tem se dedicado incansavelmente a levar o evangelho às comunidades de migrantes, reconhecendo a importância de compartilhar o amor de Cristo e oferecer esperança em meio às adversidades que essas pessoas enfrentam. Através de programas e iniciativas voltadas para o acolhimento, assistência e proclamação do evangelho, eles têm sido instrumentos de transformação nas vidas desses migrantes.

Essa abordagem centrada em Jesus e no amor ao próximo tem tocado profundamente os corações daqueles que estão em busca de conforto espiritual e significado em suas vidas. Através do testemunho e do serviço dedicado dessa igreja, centenas de migrantes têm encontrado uma nova vida em Cristo e experimentado a esperança e a transformação que só Ele pode oferecer.

O compromisso dessa igreja em levar o nome de Jesus aos migrantes reflete a importância de cumprir a grande comissão de fazer discípulos em todas as nações. Sua dedicação e esforços têm sido uma poderosa manifestação do amor de Deus em ação e uma fonte de inspiração para outros cristãos ao redor do mundo.

Fonte: Globo


A igreja, de denominação presbiteriana, é liderada pelo pastor Jae-hoon Lee e tem missionários atuando em 13 países, incluindo Emirados Árabes, Vietnã, China, Japão, entre outros, conforme informações do Evangelical Focus.

O pastor Lee compartilhou que até o momento, 700 vidas de migrantes já foram alcançadas pela igreja. Ele destacou que esse resultado é fruto de um trabalho diversificado, que visa atender às necessidades específicas desse público-alvo.

“Os programas são diversos e organizados em 14 ministérios, com foco nas famílias, pequenos grupos, missões no exterior, estudantes e jovens, ministério de mídia, justiça social, discipulado, ministério de mulheres, adoração, pessoas com desafios especiais, evangelismo, próxima geração, cuidado pastoral, restauração e missão mundial”, explicou o pastor.

Essa abordagem abrangente demonstra o compromisso da igreja em oferecer suporte integral às comunidades de migrantes, abordando diferentes áreas de suas vidas e compartilhando o amor e a mensagem de Jesus Cristo. Por meio de cada um desses ministérios, a igreja tem sido um farol de esperança e transformação, oferecendo cuidado espiritual e prático para aqueles que estão em busca de uma nova vida em Cristo.

A dedicação da igreja em investir nesses ministérios reflete sua visão de cumprir a missão de alcançar vidas em todo o mundo, levando a mensagem salvadora de Jesus Cristo aos migrantes e oferecendo apoio e orientação para que eles possam encontrar esperança e propósito em suas jornadas.

Fonte: Wiki


A fim de executar o plano de evangelismo com foco em missão mundial, a igreja mantém uma equipe robusta pronta para o serviço. Ao todo, são 2.536 pessoas servindo na Coreia, distribuídas em 158 equipes, além de outras 427 pessoas no exterior em mais 50 equipes missionárias.

Conforme explicado pelo pastor Lee, uma parte significativa do evangelismo global é realizada pelos próprios migrantes convertidos. Após receberem instrução na Palavra de Deus, eles são enviados de volta aos seus países de origem como missionários.

“Isso completa o ciclo missionário da visão da igreja: as pessoas são abordadas em suas necessidades específicas, conduzidas a Jesus, se tornam discípulos e, em seguida, são enviadas como missionárias para o mundo”, explica o pastor.

Essa abordagem estratégica de capacitar e enviar migrantes convertidos como missionários demonstra a ênfase da igreja na multiplicação do evangelho. Ao equipar os convertidos para se tornarem agentes de transformação em suas próprias comunidades e países, a igreja está envolvida não apenas na evangelização direta, mas também na formação de discípulos que irão impactar outros ao redor do mundo.

Essa visão abrangente do evangelismo e do discipulado reflete o compromisso da igreja em cumprir a grande comissão de Jesus, levando a mensagem do evangelho a todos os povos e nações. Por meio do envio desses missionários migrantes, a igreja tem o objetivo de alcançar cada vez mais vidas para Jesus Cristo e estabelecer um impacto duradouro nas nações.