Lula afirma que não há provas de corrupção nos estádios da Copa do Mundo no Brasil

Notícias Do Mundo


Presidente Lula afirma que não há provas de corrupção nos estádios da Copa do Mundo no Brasil

Durante uma visita ao treino da seleção brasileira feminina de futebol no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou neste sábado (1) que “não se provou nenhuma corrupção” nos estádios construídos para a Copa do Mundo masculina de 2014 no Brasil. Após o término do mundial, várias das arenas construídas para o evento foram alvo de investigações relacionadas à Operação Lava Jato.

Lula dirigiu-se ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, assegurando que o governo fornecerá o apoio necessário para a realização da Copa do Mundo no Brasil, caso seja considerado interessante. O ex-presidente expressou sua frustração em relação à edição de 2014, afirmando que o clima em torno do evento foi “muito negativo”.

Fonte: CNN Brasil


Lula critica clima negativo em torno da Copa do Mundo de 2014 e ressalta ausência de provas de corrupção nos estádios

Durante uma visita ao estádio Mané Garrincha, em Brasília, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva expressou sua frustração em relação à Copa do Mundo de 2014, destacando que, embora o evento tenha sido trazido para o Brasil, o clima na época foi muito negativo devido às manifestações de 2013 e às acusações de corrupção nos estádios.

Fonte: JC Concursos

Lula enfatizou que, mesmo após 10 anos, não foi comprovada qualquer corrupção nos estádios da Copa do Mundo. Ele também mencionou que o Brasil já possui estádios de excelente qualidade, como o Mané Garrincha, construído para o torneio de 2014, o que tornaria desnecessários altos gastos em uma próxima oportunidade. Segundo ele, a realização de uma Copa do Mundo traria investimentos importantes para melhorar as vias públicas e garantir a acessibilidade aos estádios, sem resultar em grandes despesas.